top of page

eSocial e Medicina e Segurança do Trabalho: tudo o que você precisa saber sobre eventos S-2210, S-2220 e S-2240

A Medicina do Trabalho vive uma era de transformações significativas. O eSocial, sistema de escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, surge como um marco dessa nova realidade. Esse sistema, que impacta diretamente a rotina de clínicas como a RTK, traz consigo uma série de eventos que precisam ser devidamente gerados, gerenciados e enviados.


Para as empresas e clínicas, é fundamental estar a par de cada um deles e compreender suas implicações na rotina laboral. É por isso que, neste artigo, abordaremos em detalhes o que significa o S-2210, S-2220 e o S-2240. Vamos lá?


O que são os eventos S-2210, S-2220 e S-2240 e como eles impactam no ambiente de trabalho?

Os eventos S-2210, S-2220 e S-2240 são termos que podem soar complexos à primeira vista, mas entender sua importância é fundamental para quem está envolvido com gestão de recursos humanos. Acompanhe conosco, a seguir, e tenha uma compreensão abrangente e aprofundada dessas importantes ferramentas dentro do contexto das relações trabalhistas.


  • Evento S-2210 - Comunicação de Acidente de Trabalho

O evento S-2210 refere-se à Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT). Segundo o eSocial, toda vez que ocorrer um acidente ou doença ocupacional, a empresa deve comunicar o fato por meio deste evento. Além disso, acidentes fatais e aqueles que resultem em perda ou redução da capacidade laboral, mesmo que não haja afastamento, também devem ser registrados no S-2210.


Este evento tem grande relevância para a Medicina do Trabalho, pois é por meio dele que se obtém dados para análise de riscos, planejamento de ações preventivas e estabelecimento de políticas de segurança. Além disso, a correta comunicação do acidente de trabalho é essencial para garantir direitos ao trabalhador, como auxílio-doença acidentário e aposentadoria por invalidez.


  • Evento S- 2220 - Atestado de Saúde Ocupacional

O evento S-2220, por sua vez, refere-se ao monitoramento da saúde do trabalhador. Trata-se do registro das informações referentes aos exames médicos ocupacionais, clínicos e complementares dos colaboradores, obrigatórios em várias situações, como na admissão, periódicos, demissão, mudança de risco ocupacional entre outros.


A importância desse evento reside no fato de que ele permite o acompanhamento da saúde do trabalhador ao longo de sua trajetória na empresa, podendo identificar precocemente possíveis alterações relacionadas ao trabalho. Além disso, o evento S-2220 é fundamental para a comprovação do cumprimento das obrigações legais da empresa em relação à saúde ocupacional dos seus colaboradores.


  • Eventos S-2240 - Condições Ambientais do Trabalho

O último evento a ser abordado é o S-2240, que trata das condições ambientais do trabalho e dos fatores de risco. Ele é responsável por informar as circunstâncias a que o empregado está exposto, identificando possíveis ameaças presentes e a necessidade de uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).


Este evento é de extrema importância, pois permite a identificação e o controle dos riscos ocupacionais, contribuindo para a prevenção de acidentes de trabalho e doenças. Além disso, também comprova o cumprimento das normas de saúde e segurança do trabalho pela empresa.


Entendendo a conexão: eSocial, eventos e a medicina do Trabalho

Compreender e gerenciar corretamente os eventos S-2210, S-2220 e S-2240 do eSocial é uma responsabilidade da Segurança e Medicina do Trabalho. O compromisso com a segurança e a saúde dos trabalhadores, aliado à necessidade de cumprir as obrigações legais, torna essa tarefa indispensável.


As clínicas, como a RTK, desempenham um papel fundamental nesse processo, proporcionando o suporte necessário para as empresas gerenciarem corretamente esses eventos. Ao oferecer exames periódicos, admissionais, demissionais e de mudança de risco ocupacional, bem como cursos de capacitação, essas instituições contribuem para a promoção de um ambiente de trabalho mais seguro e saudável.



esocial medicina do trabalho


Em suma, o eSocial trouxe um novo cenário para a Medicina e Segurança do Trabalho, no qual a gestão efetiva dos eventos S-2210, S-2220 e S-2240 torna-se imprescindível. Adotar as melhores práticas nesse sentido é um passo decisivo para garantir a saúde e a segurança dos trabalhadores e o cumprimento das obrigações legais das empresas.

Na RTK, nós também estamos comprometidos com o bem-estar da sua equipe. Então, se você deseja saber mais sobre cada um deles e garantir a saúde dos seus colaboradores, entre em contato conosco!

Comments


Receba nossa newsletter

Inscreva seu melhor e-mail para receber nossas atualizações sobre Segurança e Medicina do Trabalho, 
e nossas publicações em primeira-mão.

Obrigado pelo envio!

bottom of page